Pesquisa

Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

André Felipe André Felipe, 28 de maio de 2008.

Li alguns comentários sobre o vindouro acordo ortográfico da Língua Portuguesa em uma discussão num fórum de idiomas (WordReference) que tem participação de brasileiros, portugueses e pessoas de outras nacionalidades.

Antes de abordar o assunto e dar minha opinião, deixo aqui uma deliciosa citação retirada do usuário Macunaíma desse fórum:

Eu não tenho a ambição de que a minha opinião seja aclamada como o cúmulo do bom senso e encerre o assunto, mas é uma opinião bastante sensata, disso ninguém pode honestamente duvidar.

Finalmente, agora direi minha análise do assunto. Ela é simples e direta: me oponho com todas as forças ao Acordo. Ele só mexerá com os acentos e hífens de algumas palavras e removerá o trema. Simplesmente não me agrada. Na minha opinião, melhor seria fazer uma verdadeira revolução ortográfica e acabar de vez com pronúncias diferentes para a mesma letra (exame, enxame) e letras diferentes para a mesma pronúncia (cela, sela).

Seria interessante se as entidades reguladoras da língua portuguesa tivessem tanta fama e respeito entre nós quanto La Real Academia Española (a meu ver) tem entre os falantes de espanhol. Fico emocionado quando vejo em fóruns como esse ou até em bate-papos informais citações da Real Academia e referências a ela.

O que mais me entristece é que, se as mudanças realmente acontecerem, a maioria do povo brasileiro atribuiará a reforma tão-somente a políticos, pois as entidades lingüísticas são desconhecidas, ao menos aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aviso

Estou reorganizando o blog e algumas coisas podem estar fora de lugar. Os comentários antigos já foram transferidos para o sistema do Disqus.